Qual a diferença entre escova progressiva e semi definitiva

e você sempre sonhou em ter belos cabelos lisos, a escova progressiva e a escova definitiva podem ser a melhor solução. Mas qual das duas escolherPara tirar suas dúvidas, A passabela fez uma comparação entre os procedimentos e vai compartilhar aqui as vantagens e desvantagens de cada uma. Confira e escolha o alisamento ideal para o seu tipo de fio!

Escova progressiva reduz o volume e trata os fios na hora de alisar

A escova progressiva é a melhor opção para as mocinhas que querem reduzir o volume dos cacheados ou ondulados, sem ficar com efeito superliso. O produto usado é à base de formol, queratina, silicone e proteína, o que garante um efeito menos chapado que a definitiva proporciona, sedosidade e brilho.

Esse tipo de alisamento age sem modificar a estrutura do fio e cria uma cápsula em torno dele. Dessa forma, a escova vai alisar e camuflar o enrolado até o próximo retoque. O efeito liso diminui com o tempo e você terá que fazer a escova de novo depois de dois a três meses. Fazer a progressiva em intervalos menores que esse pode aumentar a oleosidade e até enrijecer os fios.

Escova definitiva alisa os fios com longa duração e efeito superliso

Já a escova definitiva, como o nome já diz, mantém os cabelos lisos por mais tempo que os outros alisamentos. À base de glicólicos, acido glixilico ou tioglicolato de amônia, "Obs: O tioglicolato de amônia não é compatível com outras quimicas", um ativo que muda a estrutura do fio, que garante o efeito chapado que muitas mulheres costumam passar a chapinha para conseguir. O retoque vai de acordo com o crescimento das suas madeixas e precisará ser feito somente na raiz. Esse procedimento não é muito indicado para quem tem madeixas muito crespas, pois pode deixar um efeito de ondas artificiais.

E agora, qual alisamento devo escolher?

Read More